Impressos / Manuais - CRP SP Orienta


Quebra de sigilo diante da violação de direitos


Categoria: Manuais - CRP SP Orienta
Publicado em: 5 de dezembro de 2015
Edição:
De acordo com o artigo 9º do Código de Ética Profissional, a(o) psicóloga(o) tem por dever profissional manter o sigilo e a privacidade das pessoas atendidas. Mas também não pode ser conivente com maus tratos e violação de direitos humanos, sendo seu compromisso denunciar essas situações. Porém, o limite e a gravidade da situação devem ser avaliados, pois a decisão pela quebra do sigilo é única e exclusivamente da(o) psicóloga(o), que avaliará as possíveis consequências e o menor prejuízo.

Versão PDF


Quebra de sigilo diante da violação de direitos